SERVIR AO CRISTO PARA PROGREDIR

Servidores do Cristo, a paz seja convosco!

Se as feras libertas do Abismo buscam vorazes as criaturas da terra, dos Planos Superiores, os Seres Celestiais ligados a terra, por grande amor que dedicam a seus rebeldes habitantes, acorrem para socorrer esta humanidade.

Notáveis criaturas, de rara beleza e fulgor adentram o lodaçal das esferas inferiores, para mais próximo estarem dos encarnados e dos irmãos do plano invisível.

Delicadas e puras, benevolentes e mansas, dedicadas e fiéis Servas do Cristo, emitem suas dulcíssimas vibrações às criaturas da terra.

Não podem os Sublimes Seres tornarem-se visíveis a turba, que correria apavorada, mas, suas doces vibrações tocarão os corações que estiverem em condições ideais de socorro.

As emanações do fluido dos Seres Superiores envolvem o planeta, mas, as condições do “planeta de final de tempos” possui psicosfera muito densa e o sacrifício das Hostes Superiores em manterem-se em atividade nas regiões sombrias das esferas inferiores, é bastante intenso.

A maioria das criaturas da terra, não se esforçam em emitir pensamentos e sentimentos sinceros em direção ao Mais Alto, e aqueles poucos que o fazem, encontram nestes Irmãos Maiores o conforto e a força necessários para suplantarem as dores.

São Emissários de Deus que se sacrificam por amor ao próximo! Os Olhos de Deus estão em toda parte e nenhuma criatura poderá dizer-se abandonada, pois jamais um filho de Deus estará ao desamparo. A realidade é que, as criaturas rebeldes preferem escusar-se de suas faltas, atirando farpas no próximo.

As Hostes do Bem unem-se em benefício do planeta e de sua humanidade neste “final de ciclo planetário”, na tentativa de “pescar” o maior número de almas.

Lamentavelmente, o ódio se expande tornando as pessoas impermeáveis as vibrações superiores.

Quantos avisos deseja receber cada indivíduo, para poder despertar? Será preciso intensificarem-se os abalos violentos em sua vida emocional, psíquica ou física para que despertem?

As catástrofes, guerras, assassinatos frios e sem aparente causa, violência extrema, balas perdidas e inúmeros outros acontecimentos agem como detonador psíquico nas criaturas e deveriam proporcionar o despertamento de maior número de seres, nesta fase que viveis. Mas, ao contrário, as injustiças sociais e a violência desmedida têm provocado rebeldia maior, despertamento de ódio, desejo de vingança e desequilíbrios de toda sorte.

O sofrimento impede a criatura de desfrutar os prazeres materiais e sociais e gera mais rebeldia e insatisfação contra a Divindade.

“Batei e abrir-se-vos-á”. Interpretam estas palavras do Cristo como porta aberta para a satisfação de suas vontades e não como real sentido de busca sincera por respostas que trazem equilíbrio e progresso.

O ser humano atual necessita ter saciado seus desejos materiais, posto que, trabalha exaustivamente pelo prazer de ter, para bem viver. São espíritos vazios de fé, criaturas estagnadas em faixas vibratórias inferiores e que se expõem a força devastadora do Astro Intruso e das vibrações perniciosas dos seres das sombras.

Os seres humanos, na época atual, vivem para as realizações materiais.

Irmãos, vislumbramos um futuro doloroso, largamente anunciado para vós, pelos profetas de outrora e pelos visionários modernos. Vossos cientistas já atestam a destruição do planeta e de sua humanidade pelas ações do próprio ser humano.

Se não podeis impedir que o irmão permaneça no atalho, buscai lançar-vos a renovação, pois ninguém poderá realizar tarefas de progresso por outrem.

As ações que determinam a evolução são de responsabilidade de cada criatura. O esforço de progredir é árduo e exige sacrifícios.

A Lei do Progresso é implacável, e aquele que não alcançou faixas vibratórias superiores não permanecerá neste planeta. Será transferido, sumariamente, para orbe afim e compatível com sua rebeldia.

Servir ao Cristo para progredir, este é o caminho.

Salve a Força da Luz!

Orcadim, em 06/07/2007

Livro Os Intraterrenos Missão Resgate Planetário

http://www.extraseintras.com.br/publicacoes.asp