A LUZ LIQUIDA -

Na infância e juventude, a estrutura carnal do corpo físico é bela e forte, mas quando pensamentos e sentimentos discordantes são admitidos a se manifestar no eu pessoal pelos dias a fora, enquanto se atravessa a vida, o corpo torna-se incapacitado e o templo cai em ruínas - porque a consciência exterior não obedece à única Lei da Vida: Amor, Harmonia e Paz!

Seja qual for o nome que se lhe dê, a Eterna Verdade permanece a mesma, porque discórdia é um outro nome de desintegração: um sinônimo de morte!

A dor pela morte de um ser amado é egoísmo e obstáculo que retarda o bem que o ser poderia estar desfrutando. Dor, num sentido de perda, é realmente rebelião contra a ação de uma Lei que achou conveniente dar uma outra oportunidade maior para descansar e progredir...Se é um Amor Real e Divino, nunca pode deixar de existir e deve, alguma vezem algum lugar, atrair-nos para aquele a quem amamos. No verdadeiro Amor Divino não há separação e aquilo que exprime um sentimento de separação não é o Verdadeiro Amor.

Onde está a consciência, aí está o indivíduo funcionando, porque o indivíduo é  a  consciência. Quando alguém pensa num ser amado que já morreu, na realidade está com este ser amado em corpo mental superior, no momento em que o sentimento recai na outra pessoa. Se o mundo ocidental pudesse compreender isto, deixaria de sofrer tanto e desnecessariamente. Este sofrer é devido ao fato de que a personalidade aceita o corpo como sendo o indivíduo, em vez de compreender que o corpo é tão somente um vestido que o indivíduo usa.

O eu pessoal do indivíduo é dotado do poder de escolher o que ele deseja pensar, sentir, criar e experimentar.

Se alguém emprega toda a substância e energia do seu Ser construtivamente, então a Paz, a expansividade, a Alegria, a Opulência e a Glória voltarão para a Vida pelo derramar de Suas Dádivas. Se porém o indivíduo prefere criar de outra maneira, sua miséria e destruição voltarão para dentro dele e destruirão seu corpo.

Se por causa dos apetites do corpo físico criou coisas e condições que não lhe agradam, tem todo o poder de purifica-las ou destruí-las pelo correto uso do Elemento Fogo, do qual o Amor Divino é a mais Elevada, mais Poderosa e Eterna Atividade. Sobre a Poderosa Força Eletrônica concentrada, ou Essência-Vida, É a Vida que corre em nossos canais nervosos, ao longo da espinha. Pelo seu uso e abuso descontrolado através de explosões de emoções e uso desenfreado do sexo, o corpo se torna decrépito, enfraquece a vista, a face se torna enrugada e por fim essa Luz se retira do templo, quando então o coração para de bater. É uma Luz Líquida que flui par aonde a atenção é dirigida, por meio dos sentidos físicos, ou seja, o pensamento, sentimento, que são estimulados pela audição, visão, etc. A verdadeira concepção da força que tendes sob vosso comando não pode ser devidamente avaliada. A Essência Eletrônica Líquida é esta Poderosa Energia, e Ela vitaliza tudo aquilo sobre o que a atenção se dirige.

Essa Luz Líquida emite seu raio pelo canal dos sentidos que estiver em uso: sai pela testa ao pensarmos ou concentrarmo-nos em algo, pelos olhos ao vermos, pela garganta, pela voz, ao falarmos e cantamos, pelas mãos, e pelo sexo. Ela é qualificada pelo tipo de intenção que estamos tendo nestes momentos.

Quando essa Luz é desperdiçada pelo sexo feito apenas por prazer, começa a degeneração do corpo. Quem duvida disso que compare o cérebro e o corpo de quem conservou esta Luz Liquida num período de alguns anos com o cérebro de alguém que a desperdiçou neste mesmo tempo.

A conservação desta Luz Eletrônica Liquida e Sua Elevação consciente pela Adoração da Poderosa Presença EU SOU e pelo poder da mente controlando a atenção, é o Caminho da Perfeição, seguro, firme, sensato e razoável. Só poderá proporcionar resultados harmoniosos e construtivos para o espirito, para o corpo e mundo do indivíduo. Essa conservação não deve ser feita pela repressão, através da vontade humana, o que seria desastroso.

Saint Germain disse: se ao menos os seres humanos compreendessem que a reencarnação humana sobre a Terra é uma oportunidade concedida pela Grande Lei do Equilíbrio ao eu pessoal a fim de corrigir os erros cometidos nas vidas passadas, aproveitariam cada experiência e extrairiam dela a lição, em vez de se rebelarem contra as circunstancias e se consumirem por elas.

Esse constante retorno à reencarnação física ou seja, à vestimenta da carne, seria um interminável círculo de causa e efeito se o homem não tivesse a Presença de Deus em si.

Quando os hábitos discordantes da consciência atômica de vosso corpo físico se aglomeram, de modo a perfazer uma situação na qual a Poderosa Presença EU SOU não pode mais se expandir e manter a execução de um plano construtivo de Vida, o Mestre Interior começa a diminuir seu abastecimento de energia, e finalmente se retira.

Só uma coisa resulta naquilo que o mundo chama de morte: é a falta de bastante Luz fluida nos canais nervosos. Ela irradia o poder coesivo que mantém os átomos unidos, construindo desse modo a carne do corpo. Quando esse desígnio sofre constantemente interferência, a Luz se retira, e o corpo carnal, que deveria ser o Templo do Mais Alto Deus Vivo, se desintegra. A experiência chamada morte é uma constante reprovação ao gênero humano, e ao mesmo tempo uma lembrança ao eu pessoal por sua desobediência ao original plano de Deus, o Divino Caminho de vida.

Mestre Saint Germain - Livro “Eu Sou” A Presença Mágica

https://www.ponteparaaliberdade.com.br/index.php?act=PE