AD INFINITUM -

A Vida, manifestada em todas as suas atividades, é Deus em Ação e é unicamente pela falta de conhecimento na forma de ajustar o pensamento e sentimento que a humanidade está constantemente interrompendo a pura fluência dessa Perfeita Essência de Vida que, não fosse isso, expressaria naturalmente Sua Perfeição em toda parte. A tendência natural da Vida é amor, paz, beleza, harmonia e opulência, porque à Vida é indiferente quem d'Ela faz uso, mas está constantemente movimentando-se para manifestar cada vez mais Sua Perfeição através daquele impulso ascensional de sempre que Lhe é inerente. "EU SOU" "EU SOU" é a Atividade d'Esta Vida. É estranho que alguns estudantes, sinceramente interessados em saber, nem sempre consigam captar o Verdadeiro significado destas duas palavras. Quando dizeis e sentis "EU SOU" liberais a fonte da Eterna, Imorredoura Vida, para que ela possa fluir ao longo de Seu curso imperturbavelmente. Em outras palavras: abris amplamente a porta ao Seu escoamento natural. Quando dizeis "Eu não sou", fechais a porta diante dessa Poderosa Energia. "EU SOU" é a Plena Atividade de Deus. Já vos tendo exposto, tantas vezes, a Verdade de Deus em Ação, deseja que compreendais Sua primeira expressão na individualização. A primeira expressão de todo indivíduo em qualquer ponto do Universo, quer seja em palavra falada, quer em pensamento ou sentimento silencioso, é EU SOU, ao reconhecer Sua Própria Vitoriosa Divindade. O estudante, ao esforçar-se por compreender e aplicar estas poderosas, ainda que simples Leis, deve exercer severa vigilância sobre seus pensamentos e suas expressões, por palavras ou de qualquer outra maneira, pois a cada momento que dizeis "Eu não sou", "Eu não posso", "Eu não tenho", estais, consciente ou inconscientemente, sufocando essa 'Grande Presença Interior', e é tão evidente como se colocásseis as mãos em volta do pescoço de urna pessoa, com a diferença que, no caso de uma forma externa, com o pensamento a governar vossas mãos, podeis afrouxá-las a qualquer momento, mas quando fazeis uma declaração empregando as Palavras "Eu não sou" movimentais uma Poderosa, Ilimitada Energia que continuará a agir, a menos que ela seja transmutada e a imperfeição consumida. Isto vos mostra o enorme poder que possuis para qualificar esta Poderosa Energia de Deus e eu vos declaro, amados discípulos, que a dinamite é menos perigosa, pois ela vos libertaria apenas do corpo, enquanto que esses pensamentos desgovernados, emitidos por ignorância, vos prendem "ad infinitum" à roda das reencarnações. Podeis ver, assim, quão importante é para vós saberdes o que estais fazendo quando, irrefletidamente, usais expressões errôneas, porque estais usando o Mais Divino Princípio de Atividade do Universo - "EU SOU". Não me interpreteis mal, não se trata de uma expressão vã, estrangeira ou oriental, e sim o Mais Alto Princípio de Vida, usado e expresso ao longo de todas as civilizações que já existiram, porque a primeira expressão de toda forma de vida autoconsciente é "EU SOU". Foi somente mais tarde, em seu contato com a atividade errônea exterior, que ele começou a aceitar algo em grau inferior ao "EU SOU". Agora, queridos discípulos, não vedes que, quando dizeis "eu estou doente", estais justamente invertendo esse Princípio de Vida que é, por natureza, toda Perfeição, imprimindo-lhe assim, por vossa voluntária ignorância, alguma coisa que ele, originariamente, nunca possuiu? Através de longos séculos de obstinada ignorância e incompreensão a humanidade carregou a própria atmosfera em Seu redor com falsidade e ilusão, pois não preciso repetir-vos que quando dizeis "Eu estou doente" estais afirmando uma flagrante falsidade em relação à vossa Divindade, que jamais pode ser senão Perfeita, plena de Vida e Saúde. Meditai e vereis que alívio, que libertação poderá trazer-vos esta explicação! Peco-vos, queridos discípulos - em Nome de Deus, cessai de empregar essas expressões falsas em relação ao vosso Deus - vossa Divindade Suprema - porque é impossível obter liberdade enquanto assim procederdes.

Não é necessário que eu vos fale muitas vezes sobre isso, pois quando verdadeiramente reconheceis e aceitais a Poderosa Presença de Deus, em vós, positivamente não há mais condições adversas. Recomendo-vos: se concederdes poder a condições adversas, pessoas, lugares ou coisas, e em Nome de Deus, a cada momento vos achardes a ponto de começar a dizer "Eu estou doente", "Eu estou arruinado", "Eu não estou me sentindo bem", invertei instantaneamente essa condição, fatal ao vosso progresso, e declarar mentalmente, mas com toda a intensidade de vosso ser - Eu Sou "EU SOU" - que é toda saúde, opulência, perfeição, felicidade, paz, e o poder de reconhecer Perfeição em toda parte. Quando pensais na expressão "EU SOU", significa que sabeis que tendes Deus em Ação manifestando-se em vossa vida. Não deixeis que aquelas expressões falsas continuem a vos limitar. Relembrai continuamente: "EU SOU" Deu sem Ação -. "EU SOU" Vida, Opulência, Verdade, manifestadas já. Lembrando-vos, assim, dessa Invencível, Inconquistável Presença, conservais a porta aberta para Sua pura, Invencível Essência e Inteligência tecerem, em vossa expressão externa, essa maravilhosa Perfeição. Eu vos suplico, meus amados discípulos, não continueis a empregar essas expressões maléficas, imaginando que, por algum simples passe de mágica, podeis colher bons resultados. É SIMPLESMENTE IMPOSSÍVEL. Muitos de vós sabeis que se usa, nos ranchos e fazendas, o ferrete para marcar as reses como sinal de propriedade dos estancieiros. Tão grande é meu desejo de que vos fixeis na consciência da Presença de Deus em vós, que quase ambiciono aplicar um ferrete a fim de marcar a palavra - "EU SOU" - em vós e que não possais separar-vos de seu uso constante, no intuito de que continueis a reconhecer, aceitar e usar esta Poderosa, Gloriosa Presença de Deus - que sois. Se por acaso alguma condição inferior à Perfeição tentar aparecer em vossas experiências, declarai veementemente que isto não é verdade, e que aceitais somente Deus - a Perfeição em vossa Vida em toda parte manifestada. Enquanto aceitardes falsas aparências, vê-las-eis manifestadas em vossa Vida e experiência. Não se trata, amados discípulos, de uma questão de crença de vossa parte, de aceitardes ou não estas Verdades: elas são A Lei, comprovada durante longos séculos de experiência, e são colocadas diante de vós para vossa Libertação. Considerai o fato de que vossos pensamentos e sentimentos no passado construíram e criaram a desarmonia do vosso mundo de hoje. Erguei-vos! Insisto. Erguei-vos! E caminhai com o Pai - o "EU SOU" — para que possais ficar livres dessas limitações. Existe apenas uma coisa neste Universo que pode rodear-vos de limitação -, aceitar a aparência externa em substituição à Poderosa Presença de Deus em vós. No mundo ocidental é agradável a ideia de que basta não crer ou não aceitar a antiga ideia oriental de feitiçaria para estar protegido contra ela. A feitiçaria não é senão o mau uso dos Poderes Espirituais. Nos campos da política, atualmente, está sendo usada a pior espécie, aquela que foi sempre conhecida na história da humanidade, a utilização de poder mental mal qualificado.

Mestre Saint Germain

Fonte – Livro de Ouro de Saint Germain

https://www.ponteparaaliberdade.com.br/