PLANETA BENDITO -

Ó tu Planeta Bendito, que agasalhaste em teu seio milhões de almas filhas do Pai do Universo, oferecendo-lhes teu regaço amigo. Hoje nós te homenageamos! Foste durante longo tempo mãe abnegada de tantas criaturas, filhos que se distanciaram para outras moradas mais felizes, filhos outros que ainda te acompanham necessitando do teu amparo e outros ainda te deixarão por rebeldia, até que as saudades os tragam de volta, pedindo perdão. Nesta hora suprema em que sofres no íntimo teus derradeiros dias de aflição, nós aqui estamos, Planeta Irmão, nessa jornada infinita para dividir contigo o sofrimento que a hora impõe. Não estarás sozinho neste momento de transição porque “as dores deste parto” também nos pertencem, já que somos filhos do mesmo Pai e nos tocam as mesmas responsabilidades. Amanhã estarás radiante, roupagem nova, apresentação impecável, para sentar-te um degrau acima na escala evolutiva dos Mundos. Apresentas ainda a morada das dores e dos sacrifícios, mas amanhã abrigarás espíritos sinceros à procura de sua regeneração. Terra Bendita! Deixa para trás teus padecimentos porque teu tempo de expiação se finda. Que se materialize aquela esperança que muitos de teus filhos em ti depositaram. Chega-te a nós, pois queremos amparar-te nesta hora com a permissão do Senhor dos Universos e a graça do Teu Governador Espiritual. Envolva-te também nesse mágico entorpecimento que o amor vibrante proporciona e te entregues com fé neste novo tempo. Que os Anjos do Senhor te amparem e a todos os teus filhos.

Do Grande Conselho Cósmico da Ordem Universal - 20/03/1983

- O que são os Extraterrestres?

Afinal, pergunta o leitor: “O que são os extraterrestres?” – A rigor, são todos os seres que vivem fora do Planeta Terra. Nos milhares e milhares de mundos habitados, dispersos pelo Cosmo, encontramos vida inteligente em todos os estágios da evolução, desde o início, incorporada na expressão mais bruta da matéria, ao grau mais elevado, representado por seres corporificados em matéria tão sutil que provavelmente não seriam percebidos por nossos precários sentidos. “De onde vêm?” – Poderiam vir de qualquer ponto do Espaço Cósmico, desde que pudessem, por seus próprios meios, deslocarem-se até aqui. A denominação de seus planetas e a localização dos mesmos não faria qualquer sentido para nós, principalmente porque podem mudar de dimensão, se precisarem, durante o trajeto. No entanto, a entrada aleatória de naves e seres de outros mundos no Planeta Terra, está fechada. Os “portais exteriores” que dão acesso ao nosso Mundo foram fechados pela Grande Fraternidade Branca Universal (GFBU), que cuida dos interesses do nosso planeta. Apenas um deles permite trânsito e fica localizado sobre a Ilha de Páscoa, ao Sul do Oceano Pacífico. Essa entrada é controlada 24 horas por dia e por ela só transitam extraterrestres autorizados pela GFBU. Houve um tempo em que o trânsito era livre, mas as ações dos visitantes eram parcialmente controladas. Todavia, devido à ocorrência de certos abusos, a entrada tornou-se rigorosamente controlada, assim como em nossas casas, que só abrimos a porta para aquelas pessoas que queremos que adentrem. GESJ – Vitória - ES

Livro Os Extraterrestres e Nós vol. 3

https://extraseintras.com/